Efeitos Colaterais do Minoxidil: Barba+Cabelo+Sobracelha


A queda de cabelo preocupa muitas pessoas. Seja por genética, estresse ou algum problema no couro cabeludo, quem sofre desse mal de forma extrema está sempre atrás de uma solução. Um produto que se tornou aliado no tratamento para queda de cabelo é o Minoxidil. Esse produto estimula o crescimento capilar e é recomendado para pessoas que sofrem de calvície. Ele amplia a base de desenvolvimento capilar e reduz a queda através da melhora da circulação sanguínea no couro cabeludo. Ele pode ser usado por homens e mulheres, porém com acompanhamento médico.

Efeitos Colaterais do Minoxidil

Comprovado o resultado, ainda assim algumas pessoas tem receio em usar este produto. Isso porque, junto com os resultados, o minoxidil também trás alguns efeitos colaterais um pouco desagradáveis. Apesar de ser cientificamente comprovado que apenas 4% dos pacientes que usaram o minoxidil tiveram efeitos colaterais, muitos preferem não se arriscar a fazer parte da estatística. O agente ativo é o sulfato de Minoxidil, que melhora a oxigenação do couro cabeludo e permite um crescimento saudável dos fios. Apesar de não exigir uma receita médica, é altamente recomendado que você consulte um dermatologista antes de começar o tratamento. Assim como todo medicamento, é necessário que você siga o tratamento corretamente e preste atenção nos efeitos colaterais. Os principais são irritação e coceira no início do tratamento. Se esses sintomas persistirem, o uso deve ser suspenso e é preciso retornar ao dermatologista. A irritação ocorre porque o Minoxidil contém álcool, causando um desconforto nos olhos na hora da aplicação.

contra calvíce

para cabelo, barba e sobracelha Efeitos Colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns, além de irritação e coceira são:

  • Crescimento de pelos em outras partes do corpo como rosto, axilas e braços. Esse sintoma atinge tanto os homens quanto as mulheres que utilizam o produto;
  • Surgimento de caspa;
  • Queda de cabelo acentuada no início do tratamento. Geralmente dura duas semanas. Isso acontece porque o produto procura eliminar os fios ruins para dar espaço a fios novos e fortes;
  • Dores de cabeça;
  • Aumento na oleosidade do cabelo.

Esses efeitos são os mais notificados por quem utiliza o produto e não são os mais preocupantes. Caso o paciente suspenda o uso, os efeitos colaterais desaparecem. O paciente pode ou não apresentar um destes sintomas chamados de primários. Diferente destes existem efeitos colaterais secundários, que podem trazer um prejuízo de longo prazo a saúde como:

  • Desenvolvimento de taquicardia (aumento do batimento cardíaco);
  • Dor no tórax geralmente notada como um aperto no coração;
  • Fraqueza ou moleza no corpo;
  • Visão turva ou tontura;
  • Náuseas e vômitos;
  • Suor nos pés e mãos;
  • Ressecamento do cabelo. Isso acontece devido ao álcool na composição do medicamento;
  • Efeito colateral específico aos homens, o uso do Minoxidil pode causar impotência.

Diferente dos efeitos colaterais apresentados primeiro, estes podem ser irreversíveis. Caso note que apresentou um destes sintomas, suspensa imediatamente o uso do medicamento e volte com urgência ao médico.

O uso do Minoxidil não é recomendado nos casos de:

  • Queda de cabelo repentina ou irregular. É necessário consultar o dermatologista;
  • Se a causa da queda for desconhecida;
  • ão é recomendado o uso em menores de 18 anos;
  • Não deve ser usado em caso de irritação no couro cabeludo;
  • Caso esteja usando outro medicamento para tratamento de queda de cabelo, não use o Minoxidil;
  • Se você possui problema cardíaco ou histórico na família, o uso não é recomendado, pois pode ser perigoso;
  • Não se automedique. Para qualquer tipo de medicamento, a consulta médica é necessária;
  • Não é recomendado o uso desse medicamento em caso de gravidez;
  • Pessoas com problemas de pressão não podem usar esse medicamento.

tudo sobre como usar passo a passo

veja o vídeo guia contra calvíce

O que grande parte das pessoas desconhece, é que o Minoxidil era prescrito a pacientes que sofriam com a hipertensão. Como dito anteriormente, ele dilata os vasos sanguíneos. Seus benefícios para o cabelo só foram descobertas muito tempo depois através de relatos de pacientes hipertensos que notaram um crescimento dos fios. A compra do remédio não é difícil, sendo que você encontra em qualquer farmácia. Você pode escolher entre produtos importados ou nacionais. Geralmente o medicamento é obtido em farmácias de manipulação e não precisa de receita médica. É preciso ficar atento à composição da fórmula; uma dosagem elevada ou diferente da recomendada pode causar o efeito inverso, ocasionando enfraquecimento e queda dos fios. O produto manipulado não é bem aceito entre os usuários, sendo que é difícil encontrar um laboratório que manipule corretamente a fórmula. Mesmo com os valores dos produtos manipulados menores, os adeptos deste tratamento optam pelas versões industrializadas, que raramente tem uma mudança na composição.

tratamento de calvíce

Além dos efeitos colaterais, esse produto apresenta mais um doloroso problema: o preço. Independente da fórmula (isso no caso dos industrializados), o valor é bem salgado. Pesquisando em farmácias, você vai encontrar preços que variam de R$ 230,00 a R$ 290,00. O valor pode variar ainda mais se você escolher uma marca importada. Muitas pessoas escolhem a marca nacional Rogaine; essa marca transmite segurança a quem compra por ter um nome reconhecido no mercado. Por ser considerada a melhor marca nacional, o preço deste produto varia de R$ 200,00 a R$ 250,00 reais; aparentemente o valor não difere do importado, mas um produto 50 reais mais barato faz toda a diferença. Se você não está disposto a gastar tanto, há outra opção: o Minoxidil Kirkland. Este é facilmente encontrado em território nacional e tem um preço inferior se comparado aos demais. Não há nenhuma negativa referente a esta marca; não se deixe enganar pelo preço: a fórmula é a mesma que a dos outros produtos e os resultados também.

Efeitos Colaterais do Minoxidil

No caso das mulheres, algumas misturam o Minoxidil com outras substâncias para uso, procurando reduzir os efeitos colaterais. O crescimento de pelos no corpo é resolvido com a eliminação permanente dos pelos através de tratamentos estéticos, deixando a ação do medicamento exclusivamente para o cabelo. A mistura com outras substâncias faz com que o Minoxidil se concentre apenas na área problemática e protege as demais áreas do corpo. Mesmo com as informações disponíveis, é altamente recomendada a consulta com um dermatologista. Os efeitos colaterais são diversos e variam de acordo com o organismo do usuário.

Você tem dúvidas? Comente abaixo!

8 Comments

Comente! Relate! Pergunte!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *